Buscar notícia: Filtrar: período de: até

Chá de Pata-de-vaca serve no combate à diabetes

Publicada em: 24/04/2008

Publicada em 24-04-08 às 07h45
Texto e fotos Marília Fidélis

      A planta brasileira Bauhinia variegata, popularmente conhecida por pata-de-vaca é bastante usada pelos brasileiros no combate da diabetes. Antes não era comprovada sua eficácia, mas um estudo recente feito pela Universidade de Brasília (UNB) comprovou que o remédio funciona mesmo. A planta ganhou a fama de insulina vegetal. Em Barreiras, a procura pelas folhas de pata-de-vaca tem sido constante pelos diabéticos.
      O farmacêutico Cristiano Alves de Oliveira, diz que as substâncias da planta se ligam a uma proteína no núcleo da célula. A combinação estimula o gene que é regulado por essa proteína, e isso facilita a ação da insulina. Fala ainda que, existe um remédio que desempenha o mesmo papel e está entre os mais caros. “A ação da pata-de-vaca surpreende. Quando comparado o efeito da planta com os dos medicamentos que existem no mercado, ele chega a ser duas ou três vezes maior”, afirma.
     Cristiano explica que a pata-de-vaca ajuda no combate da Diabete melitus II. “Diabetes é uma doença incurável, que é apenas controlável. O chá não cura diabetes, apenas controla a doença. A planta pode trazer efeitos colaterais como alergia e em caso de gestação ou lactação, os pacientes devem usar somente sob orientação médica. A ingestão de pata-de-vaca é contra-indicada para pessoas com hipoglicemia (Baixa acentuada dos níveis de glicose no sangue)”, alerta.
     Os médicos ainda não descobriram se pode existir ou não algum efeito que prejudique a saúde do paciente se o chá for tomado por muitos anos. “A recomendação, portanto, é ter cautela: a pata-de-vaca é natural, mas é um remédio que deve ser tomado sob a orientação médica”, diz Cristiano Alves.
      O que a pesquisa mostrou, a aposentada Teresa Ribeiro (69) já sabia na prática. Logo que descobriu ter diabetes, passou a toma o chá da planta. É uma bebida que não sai da sua geladeira. “Depois de 10 dias tomando chá reduzi os níveis de minha diabetes de 160 para 85. Os remédios que os médicos costumam passar, não fazem efeito com tanta rapidez como o chá. Por isso, que tomo com freqüência”, comenta. 
       Ela passa a receita para aquelas pessoas que não conhecem o poder da planta: “Basta colocar duas xícaras de café da folha picada em 1/2 litro d’água ou uma folha picada por xícara de chá. Tomar quatro a seis vezes ao dia", finaliza.

Voltar | Imprimir